5 Covers Tocados Pelo Nirvana Que Você Precisa Ouvir:

5 Covers Tocados Pelo Nirvana Que Você Precisa Ouvir:

Que o Nirvana já executou de maneira excepcional canções de outros artistas nós já sabemos muito bem. Mas aqui vai uma lista de 5 covers tocados pelo Nirvana que você precisa ouvir hoje:

5 Covers Tocados Pelo Nirvana Que Você Precisa Ouvir:

1 – The Cars – “My Best Friend’s Girl”

“My Best Friend’s Girl” é uma musica da banda norte-americana The Cars. Escrita por Ric Ocasek e produzida por Roy Thomas Baker, a música foi lançada como o segundo single do Cars, em 06 de Julho de 1978. Em Outubro do mesmo ano ela saiu no álbum álbum auto-intitulado da banda, pela Elektra Records.

“My Best Friend’s Girl” atingiu o número 35 na parada Billboard Hot 100 dos EUA e alcançou o terceiro lugar no Reino Unido. Ela também foi incluída na trilha sonora do filme Over the Edge de 1979 (uma das inspirações de Kurt Cobain para o videoclipe de “Smells Like Teen Spirit”).

Sabe-se que o Nirvana tocou “My Best Friend’s Girl” pelo menos duas vezes ao vivo. A primeira foi em 06 de Outubro de 1991. Na verdade Kurt teria tocado sozinho antes de a banda iniciar o show no The Masquerade, Atlanta, Georgia. Mas o vídeo abaixo é com certeza o melhor registro do cover. Ele foi feito durante o ultimo show do Nirvana, no Terminal 1, em Munich, Alemanha. A banda abriu o show com “My Best Friend’s Girl”.

2 – Cher – “Gypsies, Tramps and Thieves”

“Gypsies, Tramps & Thieves” foi o primeiro single do sétimo álbum de estúdio da cantora e atriz norte-americana, Cher. A musica apareceu no álbum de mesmo nome lançado em Setembro de 1971. Essa canção foi a segunda de Cher a se tornar o numero 1 na lista da Billboard. A musica também atingiu a primeira posição no Canadá, França e Japão, chegando ao Top 40 em outros sete países. É o single mais vendido de 1971, com sete milhões de cópias no mundo todo.

A canção foi escrita por Bob Stone como uma história chamada “Gypsys, Tramps and White Trash”. Depois de advertido pelo produtor Snuff Garrett de que o título deveria ser mudado, Stone renomeou para “Gypsys, Tramps & Thieves”.

Esse é um cover bastante interessante. Quem imaginaria, Nirvana tocando uma musica da Cher… Para deixar ainda melhor, o cover que você ouvirá abaixo foi cantado pelo baixista, Krist Novoselic. Krist não é o melhor cantor do mundo mas a musica ficou bastante divertida de se ouvir.

O Nirvana teria gravado “Gypsies, Tramps & Thieves” pelo menos três vezes. Nenhuma gravação foi feita profissionalmente, todas durante ensaios. Da primeira vez em 1987, na casa de Kurt, em Aberdeen, Washington (a data exata é desconhecida). Na época eles ainda se chamavam Skid Row e tinham Aaron Burckhard como baterista. Ainda no verão de 1987 o Skid Row gravou mais um ensaio onde tocaram “Gypsies, Tramps & Thieves” (versão do vídeo abaixo). A ultima gravação que se tem conhecimento aconteceu em 03 de Janeiro de 1988. Agora a banda se chamava Ted Ed Fred e Dale Crover tocava bateria. Foi na casa de Crover que aconteceu o ensaio. Apesar de existir, o áudio deste ensaio nunca foi divulgado.

3 – Creedence Clearwater Revival – “Bad Moon Rising”

“Bad Moon Rising” é uma das mais famosas musicas do Creedence Clearwater Revival. A canção foi lançada em Abril de 1969 como primeiro single do álbum Green River, quatro meses antes do álbum. Em 28 de Junho daquele ano ela alcançou a segunda posição na Billboard Hot 100 e em Setembro já era numero 1 na parada britânica de Singles. Foi o segundo single do Creedence a receber disco de ouro.

A música escrita por John Fogerty foi gravada por pelo menos 20 artistas diferentes, entre inúmeros estilos musicais como folk, reggae e rock psicodélico. Em 2010, a Rolling Stone a classificou como número 364 na lista das “500 Maiores Músicas de Todos os Tempos”.

No dia 19 de Março de 1988, o Nirvana tocava pela primeira vez com o nome NIRVANA, no Community World Theater, em Tacoma, Whasington (Dave Foster tocava bateria naquela época). É deste show o áudio que você ouvirá abaixo.

Talvez você já saiba que Kurt e Krist sempre foram grandes fãs de Creedence. Cobain e Novoselic até mesmo chegaram a montar uma banda cover de CCR, em 1985. Com o amigo Steve “Instant” Newman no baixo, Kurt na bateria e Krist na guitarra e vocais, eles fizeram cerca de cinco ou seis ensaios na casa de Krist mas acabaram se separando depois que Kurt e Steve brigaram. O intuito do trio era simplesmente ganhar dinheiro. Até mesmo o nome da banda mostrava isso; The Sellouts (algo como “Os Vendidos”). Mas isso é história para outra matéria…

4 – KISS – “Do You Love Me”

“Do You Love Me” é a faixa numero 9 do quarto álbum de estúdio do KISS, Destroyer, lançado em 15 de Março de 1976 pela pela Casablanca Records. Apesar de a musica não ser um grande sucesso comercial da banda, o álbum todo é considerado um dos melhores deles.
Destroyer ganhou disco de ouro pela RIAA em 22 de Abril de 1976 e platina em 11 de Novembro do mesmo ano. Foi o primeiro álbum do KISS a alcançar platina.

Como disse o editor da Rolling Stone, Rob Sheffield, “Destroyer é o inevitável álbum conceitual artístico, da saga dance-smoke-drive-die ‘Detroit Rock City’ ao toque ‘Do You Love Me?'”.

Apesar de uma certa disparidade entre as duas bandas, o Nirvana gravou esse cover do KISS durante a primavera norte-americana de 1989. Foi no estúdio do The Evergreen State College, de Olympia, Washington.
Pelo que se sabe a banda estava gravando “Dive” para lançar em um split single com o Alphabet Swill. Na mesma sessão, “Do You Love Me?” foi gravada para a C/Z Records lançar no álbum tributo “Hard to Believe: A Kiss Covers Compilation”.

A sessão foi produzida por Greg Babior, um aluno do Evergreen que pagou a conta do estúdio. Greg precisava produzir algumas musicas para um projeto de classe, enquanto o Nirvana ficou feliz por ter um tempo no estúdio de áudio profissional da faculdade de graça. A base de vinho tinto, a banda tinha escutado uma fita original de “Do You Love Me?” no caminho para a faculdade. “Nós simplesmente entramos e nos divertimos”, lembrou Krist Novoselić. Essa sessão no Evergreen State College é a unica gravação de estúdio com Jason Everman na segunda guitarra do Nirvana.

Quanto a “Do You Love Me?” ao vivo, o Nirvana a tocou somente uma vez. Foi no The Blue Gallery, em Portland, Oregon, dia 10 de Junho de 1989. Não existem registros deste show.

5 – The Knack – “My Sharona”

“My Sharona” é o single de estreia do The Knack. A música escrita por Berton Averre e Doug Fieger foi lançada em Abril 1979 e em Junho saiu no álbum Get the Knack. O riff característico de “My Sharona” foi criado pelo guitarrista, Berton Averre, anos antes de se juntar ao Knack.

A letra da musica é sobre Sharona Alperin. Quando tinha 25 anos, o vocalista do Knack, Doug Fieger, conheceu Sharona (então com 17) e, como ele conta “era como ser atingido na cabeça com um taco de beisebol; eu me apaixonei por ela instantaneamente. E quando isso aconteceu, provocou alguma coisa em mim e comecei a escrever muitas músicas em um curto espaço de tempo”.

Fieger e o guitarrista Berton Averre elaboraram a estrutura e a melodia da música. Averre era contra usar o nome de Sharona, mas Fieger queria que fosse uma expressão direta de seus sentimentos. Averre acabou cedendo. Doug Fieger afirma que a letra foi escrita em 15 minutos.

“My Sharona” alcançou o número 1 na parada de singles da Billboard Hot 100, onde permaneceu por 6 semanas. Em 1979 ela foi o número 1 na parada de final de ano da Billboard Top Pop Singles. A musica também foi disco de ouro pela Associação da Indústria Fonográfica dos Estados Unidos e foi o single de estreia mais lucrativo da Capitol Records desde “I Want to Hold Your Hand” dos Beatles em 1964.

“My Sharona” pode ser ouvida muito brevemente no show para o MTV Unplugged de Novembro de 1993. Mas durante o show da banda no Salle Omnisport, em Rennes, França, no dia 16 de Fevereiro de 1994 eles a tocaram por pouco menos de um minuto e meio. Foi a segunda musica do show, entre “Radio Friendly Unit Shifter” e “Drain You”. A banda não chegou a executa-la por completo, mas vale o registro:

 

Agora conta aí pra gente qual cover da lista acima você mais curtiu? E qual você acha que não poderia faltar em uma possível “5 Covers Tocados Pelo Nirvana Que Você Precisa Ouvir – Parte II”?

"Boddah"

Fã de Nirvana desde a primeira vez que o peso de "Bleach" entrou por meus ouvidos. Antes de tudo, um curioso insaciável. Pesquiso para aprender, escrevo para compartilhar o que aprendi."A curiosidade matou o gato, mas a satisfação o trouxe de volta!"
Fechar Menu