Nirvana no Cabaret Metro – 12 de Outubro de 1991

Nirvana no Cabaret Metro – 12 de Outubro de 1991

No dia 12 de outubro de 1991 acontecia o terceiro show do Nirvana no Cabaret Metro de Chicago, Illinois. A banda já havia tocado por lá em 1989 e 1990. Confira:

Nirvana no Cabaret Metro

Localizado no nº 3730 da Clark Street, em Chicago, Illinois, o Cabaret Metro já era um clube conhecido do Nirvana em 1991. A primeira vez que se apresentaram por lá, ainda com Chad Channing na bateria, foi em 30 de setembro de 1989. Você pode ler mais sobre o clube e sobre este primeiro show do Nirvana na casa clicando aqui. Em 01 de abril de 1990 aconteceu o segundo show do Nirvana no Cabaret Metro, também com Channing como baterista.

Das das primeiras vezes em que tocou no famoso clube da Clark Street, o Nirvana ainda divulgava seu álbum de estréia, “Bleach”. No terceiro e ultimo show da banda por lá, Dave Grohl ocupava o banco da bateria e o Nirvana divulgava seu mais novo lançamento, Nevermind. Das Damen e Urge Overkill seriam as bandas de abertura naquela noite. O Das Damen abriu para o Nirvana pela ultima vez neste show, enquanto o Urge Overkill ainda faria isso em mais dez show.

Mais cedo naquele dia, Mary Lou Lord, com quem Kurt Cobain estava se envolvendo na época, se despedia de Cobain depois de ter passado alguns dias com ele e voltava para seu trabalho em uma loja de discos na cidade de Boston. Na mesma manhã, Courtney Love voava de Los Angeles para Chicago. Courtney não ia por Kurt, ela nem mesmo sabia que o Nirvana estava na cidade para um show. Ela estava indo ver o frontman dos Smashing Pumpkins, Billy Corgan, com quem tinha uma “relação tempestuosa”. Quando Love chegou no apartamento de Corgan, o encontrou com a nova namorada. Depois de uma pequena confusão à la Courtney, sapatos foram jogados pela janela e ela foi expulsa sem cerimônias. O que ela fez então foi pagar uma corrida de táxi com seus últimos U$ 10 até o Cabaret Metro, a fim de afogar as mágoas. O Metro era um dos melhores lugares na cidade para isso.

O Show – Nirvana no Cabaret Metro

Enquanto Courtney Love brigava com Billy Corgan e sua namorada, o Nirvana tocava seu setlist da noite no Cabaret Metro. Iniciando com “Jesus Wants Me For A Sunbeam” como de costume, a banda tocou dezoito musicas em pouco mais de uma hora de show. Depois do cover dos Vaselines, foram tocadas “Aneurysm”, “School”, “Floyd The Barber”, “Drain You”, “Smells Like Teen Spirit”, “About A Girl”, “Breed”, “Polly”, “Sliver”, “Pennyroyal Tea”, “Love Buzz”, “Lithium”, “Been A Son”, “On A Plain”, “Negative Creep” “Blew”.

Acredita-se que depois de “Blew”, Kurt e Dave possam ter trocado de instrumentos. Kurt teria improvisado a musica “Four Enclosed Walls” do Public Image Ltd na bateria, enquanto Dave lhe dava retorno na guitarra. Em seguida a banda tocou uma versão “abreviada” de “Endless, Nameless”, ainda com Kurt na bateria e Dave na guitarra. Depois eles se empenharam em destruir a bateria de Dave para forçar o empresario da banda a lhe comprar um novo kit. Não existem registros em vídeo conhecidos deste show, mas abaixo você pode conferir o áudio do mesmo gravado em um Sony TCD-D10:

Kurt & Courtney – Nirvana no Cabaret Metro

Courtney Love chegou a tempo de ver os últimos 15 minutos do show do Nirvana no Cabaret Metro. Ela ficou surpresa ao saber que a banda era a atração da noite. Depois de levar o porteiro na conversa ela conseguiu entrar sem pagar. Sentindo-se desprezada, ela ligou para Corgan para se certificar de que haviam terminado inteiramente e informá-lo de suas intenções em relação a Kurt. Corgan disse que eles não poderiam se encontrar e ela bateu o telefone no gancho.

Courtney assistiu aos quinze minutos finais do show do Nirvana, que basicamente era Kurt destruindo a bateria, e ficou o tempo todo se perguntando o que deixava esse menino com tanta raiva. Ele era um mistério e Courtney sentia atração pelo inexplicável. Depois do show, ela abriu caminho até uma festa nos bastidores onde seguiu em linha reta até Kurt.

“Muitas pessoas estavam lá”, lembra Craig Montgomery, que estreava como soundman do Nirvana naquela noite. “Os caras do Urge Overkill estavam lá, empresários estavam lá, acho que os membros ‘No-Corgan’ do Smashing Pumpkins estavam lá”

“Eu a observei atravessando a sala e se sentando no colo dele”, lembra o empresário Danny Goldberg. Kurt ficou contente ao vê-la e particularmente feliz quando ela pediu para ficar em seu hotel. Se Kurt não era bom para confessar antigos envolvimentos românticos, Courtney era igual a ele nesse departamento, e ela lhe contou toda a triste história da briga com Corgan.

Enquanto conversaram, Kurt se lembrou da descrição que ele fizera dela como “a menina mais legal do mundo” depois de uma longa conversa em Los Angeles, cinco meses antes. Eles saíram juntos do clube e caminharam pelo Lago Michigan, finalmente parando no hotel Days Inn. Dave Grohl, que dividia o quarto com Kurt, ficou pra fora. Ele teve que dormir com Craig Montgomery enquanto Kurt & Courtney transavam no outro quarto.

Eles se despediram na manhã seguinte, com Kurt continuando na excursão e Courtney voltando para Los Angeles. Possivelmente porque o próximo show da turnê era em Minneapolis, uma das antigas cidades de Courtney, onde sua reputação a precedia. Mas, no curso da semana seguinte, eles trocaram fax e telefonemas e logo estavam conversando diariamente.

Apesar do sucesso do Nirvana, Kurt não estava feliz na estrada e constantemente resmungava sobre o estado da van, os clubes “espeluncas” e uma nova reclamação, os garotos de agremiações estudantis que agora compareciam aos shows depois de verem o vídeo da banda na MTV. Alguns do meio do Nirvana inicialmente saudaram com entusiasmo o envolvimento de Courtney e Kurt. Pelo menos ele tinha alguém com quem conversar (ele estava se comunicando cada vez menos com Novoselic e Grohl).

"Boddah"

Fã de Nirvana desde a primeira vez que o peso de "Bleach" entrou por meus ouvidos. Antes de tudo, um curioso insaciável. Pesquiso para aprender, escrevo para compartilhar o que aprendi."A curiosidade matou o gato, mas a satisfação o trouxe de volta!"
Fechar Menu