Nirvana no JC Dobbs – 1º de Outubro de 1991

Nirvana no JC Dobbs – 1º de Outubro de 1991

No dia 01 de outubro de 1991 acontecia o terceiro show do Nirvana no JC Dobbs, na Philadelphia, Pensilvânia. Eles já haviam tocado por lá em 12 de julho de 1989 e em 30 de abril de 1990. Mas em outubro de 1991, a fama do Nirvana já havia cruzado as fronteiras dos EUA.

JC Dobbs

O bar do nº 304 da South St. foi inaugurado como JC Dobbs em 1975. O Dobbs era um clube de rock que se tornou lendário na Filadélfia por quase três décadas. O local evoluiu muito desde sua inauguração. Atores bem conhecidos nos EUA como George Thorogood e Robert Hazard surgiram através do clube, assim como inúmeros artistas locais e regionais. Green Day, Tool e Rage Against the Machine são outros exemplos de bandas que passaram por lá antes da fama mundial.

Nirvana no JC Dobbs - clube

O JC Dobbs durou até 1996, depois disso, o clube foi vendido e renomeado para Pontiac Bar & Grill, que fechou em 2005. Mais tarde, em 2010, foi reaberto como The Legendary Dobbs, mas fechou para sempre em 2015. Antes disso, o clube e sua cultura foram imortalizados no documentário de 2011 “Meet Me on South Street: The Story of JC Dobbs”.

Nirvana no JC Dobbs

Em uma terça-feira, 01 de outubro de 1991 o Nirvana voltava ao já conhecidoNirvana no JC Dobbs - flyer JC Dobbs, desta vez para divulgar o album que os deixaria conhecidos mundialmente, Nevermind. A banda de abertura do show do dia 1º deveria ser os Melvins, mas por algum motivo acabaram cancelando. O Das Damen acabou substituindo a banda de Buzz Osborne na ultima hora.

O promotor do Dobbs, Colonel Tom Sheehy lembra que recebeu um Nirvana no JC Dobbs - ingressotelefonema na manha do dia 1º avisando que Kurt Cobain estava se sentindo mal, com dores de estômago. O road manager do Nirvana não queria cancelar o show no Dobbs e perguntou se o clube poderia se comprometer em providenciar monitores extras para poupar Kurt durante o show. Sheehy concordou e o show não precisou ser cancelado.

Quando o Nirvana subiu ao palco do Dobbs a casa estava cheia. Como fizeram muitas vezes naquela turnê, a banda abriu seu set com o cover do The Vaselines, “Jesus Wants Me For A Sunbeam” seguido rapidamente de “Drain You”.

O set variou entre musicas de Nevermind e da “Bleach Era”. No momento em que eles tocaram a quinta música do set, o novo single, “Smells Like Teen Spirit”, o que começou como o tradicional mosh pit limitado à frente do palco se espalhou rapidamente e envolveu todo o andar de baixo do Dobbs, enquanto os garotos se debatiam, uns sobre os outros em um frenesi que só foi substituído pela explosão de som que emanava do palco. Mas apesar de tudo, o publico teria ficado descontente com a escolha da banda de não tocar um bis, então provocaram o Nirvana com gritos de “sellouts!” (traidores!).

Nirvana no JC Dobbs - fotos

No review do show impresso no Philadelphia Inquirer sob o titulo “A Trio From Seattle Rocks At J.C. Dobbs”, o critico Sam Wood disse: “Durante seu set de 45 minutos no JC Dobbs, o Nirvana atacou com a fúria de uma catarata”. O promotor Colonel Tom Sheehy ainda lembra:

“Depois do show, do lado de fora do clube, falei com Kurt. Perguntei-lhe como ele estava se sentindo e também agradeci a ele pelo show. Eu desejei a ele e à banda boa sorte no resto da turnê e então eles saíram de South Street para Washington, DC, onde tocariam no 9:30 Club na noite seguinte. No dia seguinte, recebi um telefonema do representante local da WEA. Ele me perguntou, ‘Coronel? Quem diabos você recebeu no Dobbs na noite passada?’ Ele continuou falando. Minha resposta foi simples: ‘Ontem à noite, recebemos o futuro’.”

Áudio do Show – Nirvana no JC Dobbs

"Boddah"

Fã de Nirvana desde a primeira vez que o peso de "Bleach" entrou por meus ouvidos. Antes de tudo, um curioso insaciável. Pesquiso para aprender, escrevo para compartilhar o que aprendi."A curiosidade matou o gato, mas a satisfação o trouxe de volta!"
Fechar Menu