Nirvana no Motor Sports International Garage – 22 de Setembro de 1990

Nirvana no Motor Sports International Garage – 22 de Setembro de 1990

No dia 22 de setembro de 1990 acontecia o show do Nirvana no Motor Sports International Garage de Seattle, WA. Foi o ultimo show antes de Dave Grohl assumir seu lugar na bateria. Confira:

O Motor Sports International Garage

O Motor Sports International Garage era exatamente como seu nome sugere, uma velha garagem coberta, localizada na esquina da Stewart com a Yale, em Seattle. Durante um breve período de tempo, entre 1990 e 1991, a casa promovia shows de rock e punk rock, até ser demolida. No piso de cimento do Motor Sports, cabiam ceca de 1500 pessoas. Embora não fossem muitos os shows que aconteciam por lá, eles eram sempre lendários. Tantas bandas importantes de Seattle passaram por lá que seria difícil listá-las aqui. Em julho de 1990, por exemplo, se você estivesse por lá, poderia assistir ao Mudhoney, Thee Headcoats e os Beat Happening fazendo seus shows na mesma noite.

O Nirvana de 1990

O Nirvana de 1990 passou por algumas mudanças na formação. Seu calcanhar de Aquiles na época? O baterista! Naquele ano, quatro bateristas diferentes fizeram shows com Kurt Cobain e Krist Novoselic. Chad Channing havia deixado a banda em maio (seu ultimo show foi no The Zoo, em Boise, ID – 17 de maio de 1990). Para substitui-lo temporariamente, Dale Crover, dos The Melvins foi convocado e fez bons oito shows com a banda, até agosto. Como era uma solução temporária para o problema, logo ele acabaria deixando o Nirvana e voltando para os Melvins. Seu ultimo show foi no New York Theatre de Vancouver, Canada (25 de agosto de 1990).

Mais uma vez sem baterista, o Nirvana estava à caça de outro. Como acontece em muitas bandas, o jeito foi recrutar o baterista de uma “banda amiga”, no caso, Dan Peters, do Mudhoney. O show no Motor Sports International Garage foi o único com Peters como baterista do Nirvana. A história da passagem dele pela banda é um tanto “curiosa”, por isso vamos contá-la separadamente aqui.

O Nirvana no Motor Sports International Garage

No sábado, 22 de setembro de 1990, o Nirvana tinha o show marcado no Motor Sports International Garage. A banda principal era o The Melvins, que no ano seguinte passaria a abrir os show do Nirvana depois do sucesso de Nevermind. Na mesma noite ainda tocaram Derelicts e The Dwarves.Flyer Motorsports International Garage

Durante o show do The Dwarves, o vocalista Blag Dahlia jogou uma lata fechada de Pepsi na multidão. A lata acabou atingindo um garoto na cara, deixando-o nocauteado, com o nariz sangrando. Quando seus amigos o arrastaram para o fundo da casa, um rastro de sangue foi deixado no chão. O caos que o The Dwarves causava durante seus shows, apenas marcava o inicio da noite.

Quando o Nirvana subiu no palco, tocaram seu setlist de 14 musicas em menos de uma hora, com direito a um pequeno discurso de Novoselic sobre como “A vida às vezes é como uma montanha-russa!” no final, seguido de uma jam.


Foi neste show que “Sliver” foi tocada pela primeira vez ao vivo. Foi anunciada por Cobain como a musica que estaria no novo single da Sub Pop em breve. O setlist completo era; “Stay Away”, “Blew”, “Been A Son”, “Negative Creep”, “Floyd The Barber”, “About A Girl”, “School”, “Love Buzz”, “Breed”, “In Bloom”, “Scoff”, “Spank Thru”, “Sliver”, “Dive” e a jam. Confira abaixo “School”, em um dos poucos registros em vídeo do evento, seguido do áudio do show completo:

Fotos do Nirvana no Motorsports International Garage

Curiosidade

Uma das guitarras que Kurt Cobain usou durante o show do Nirvana no Motor Sports International Garage era uma Aria Pro II Cardinal Series CS-350 (ARIA Guitars). Ela durou pouco nas mãos de Kurt. A primeira vez que Cobain a usou foi em 05 de Maio daquele ano. Ela foi destruída no show do Motor Sports.

O corpo da guitarra foi resgatado por um sortudo que assistia ao show. Aparentemente um dos seguranças de palco que trabalhavam naquele dia no Motor Sports. Mais de uma década depois o corpo da Aria apareceu exposto no EMP Museum de Seattle, durante a “Nirvana: Taking Punk To The Masses”. Ela também ficou exposta no Brasil durante a passagem da exposição por aqui em 2017.

O braço da Aria teve um destino diferente. Em Junho de 2013, um leilão em Londres reuniu 120 peças da cultura pop. Entre essa peças estava o braço da guitarra de Kurt. O valor estimado para o arremate era de 3,500 a 5,800 euros, mas a peça acabou sendo comprada por €10,967.

"Boddah"

Fã de Nirvana desde a primeira vez que o peso de "Bleach" entrou por meus ouvidos. Antes de tudo, um curioso insaciável. Pesquiso para aprender, escrevo para compartilhar o que aprendi."A curiosidade matou o gato, mas a satisfação o trouxe de volta!"
Fechar Menu