Nirvana no The Crocodile Cafe – 04 de Outubro de 1992

Nirvana no The Crocodile Cafe – 04 de Outubro de 1992

No dia 04 de outubro de 1992 acontecia mais um “show secreto” do Nirvana no The Crocodile Cafe, em Seattle, WA. A banda já havia tocado de surpresa no dia anterior, no Sam Carver Gymnasium, Bellingham, WA. Confira:

The Crocodile Cafe

Inaugurado por Stephanie Dorgan como “The Crocodile Cafe” em 30 de abril de 1991, o The Croc, como é conhecido, rapidamente se tornou uma referência na cena musical de Seattle. Não há outro lugar no Noroeste com um passado tão célebre e amado. Muitos artistas famosos do chamado “movimento grunge” tocaram no Croc ao longo de seus 27 anos de funcionamento. O primeiro show no local contou com The Posies e o famosíssimo Love Battery, banda que dispensa apresentações. O Baterry tem associação com outros grandes nomes de Seattle como Mother Love Bone, Mudhoney, Green River e Skin Yard.

nirvana no the crocodile cafe - clube

Depois do show inaugural com o The Posies e Love Battery, o Croc ainda recebeu outros nomes que ficaram famosos com a explosão do “Som de Seattle”. Cito como exemplo o Mudhoney, Tad, Pearl Jam, Girl Trouble e Mad Season.

O Mad Season alias – supergrupo que incluía o guitarrista Mike McCready do Pearl Jam, o vocalista Layne Staley de Alice in Chains, o baterista Barrett Martin do Screaming Trees e o baixista John Baker Saunders – fez seu primeiro show no Croc, em 12 de outubro de 1994. Na época, de acordo com Barrett Martin, eles não tinham nenhuma música completamente pronta (apenas o começo delas) e nem mesmo um nome para a banda. Ainda assim Mike McCready agendou um show que repercutiu muito bem. A banda foi chamada para tocar novamente nos dias 6 e 20 de novembro do mesmo ano. Na ocasião eles usaram o nome “The Gacy Bunch”, inspirados no notório serial killer John Wayne Gacy de Chicago e na sitcom The Brady Bunch (A Família Sol-Lá-Si-Dó).

Voltando ao The Crocodile Cafe… a proprietária Stephanie Dorgan casou-se com o guitarrista do R.E.M., Peter Buck pouco depois de abrir o Croc. Coincidentemente, antes de Stephanie, Buck foi casado com Barrie Buck, a proprietária do 40 Watt Club de Athens (clube onde o Nirvana tocou 364 dias antes do show no The Crocodile Cafe). Buk é também o atual proprietário da guitarra Jag-Stang que foi projetada e pertenceu a Kurt Cobain. Courtney Love presenteou Buk com a guitarra após a morte de Cobain.

Em 2006 Stephanie Dorgan e Peter Buck se divorciaram e o ​​Croc fechou as portas inesperadamente em dezembro de 2007. O fechamento do The Crocodile Cafe causou uma especulação generalizada em relação ao futuro do estabelecimento. Depois de meses, um grupo de músicos e empresários, incluindo o baterista do Alice in Chains, Sean Kinney, o guitarrista do The Man, Eric Howk e o co-fundador da Capitol Hill Block Party, Marcus Charles, compraram o estabelecimento. Os novos donos o renomearam para “The Crocodile” e a tão importante peça do cenário musical local reabriu em 19 de março de 2009. Na reinauguração o Croc ficou duas noites consecutivas apresentando várias bandas locais.

Em março de 2013, a revista Rolling Stone classificou o The Crocodile como o nº 7 dos melhores clubes da América. Em 22 de agosto de 2018, o Alice in Chains convocou os fãs para uma “caça ao tesouro”. Dez cópias autografadas de seu último álbum, Rainier Fog, foram escondidas pela cidade de Seattle como um ingresso para o show secreto que a banda apresentaria em 24 de agosto. Quando as dez cópias foram encontradas, a banda revelou que o show secreto seria no The Crocodile, com ingressos limitados disponíveis com a compra de seu novo álbum em um evento pop-up no mesmo local no dia seguinte.

Nirvana no The Crocodile Cafe

Apesar de toda a fama e importância do The Crocodile Cafe para a cena musical da cidade de Seattle, o Nirvana só tocou por lá uma vez. Em 15 de janeiro de 1992 Krist Novoselic e Dave Grohl até tocaram no local. Mas na ocasião o que aconteceu foi apenas uma “brincadeira” com o vocalista/guitarrista do The Melvins, Buzz Osborne. The Melvanas, como ficou conhecida a “banda” resultante dessa reunião, tocou nada mais que três musicas, incluindo “Way Of The World” e “Sacrifice” da banda Flipper. Com Krist no baixo, Dave na bateria e Buzz tocando guitarra e cantando, The Melvanas abriu o show do Churn e do Bliss. A noticia da apresentação surpresa vazou para uma estação de rádio antes mesmo de ela acontecer, fazendo com que muitos fãs do Nirvana fossem ao local naquela noite.

O show do dia 04 de outubro de 1992 também era uma surpresa. Eles já haviam feito um show secreto no Sam Carver Gymnasium, em Bellingham, WA no dia anterior. Nos dois shows a banda principal era o Mudhoney. O Nirvana supostamente se apresentou sob o nome Pen Cap Chew no The Crocodile Cafe.

Infelizmente não existe um registro do show completo disponível. Sabe-se que a banda iniciou o show com “Aneurysm” e nenhuma musica “hit” teria sido tocada. Quando Kurt perguntou ao publico se havia algum pedido, Dave brincou dizendo com uma voz engraçada: “Toque Teen Spirit, toque Teen Spirit”, mas ela não foi tocada.

O amigo de colégio de Jason Everman e que com o tempo se tornou um ávido fã do Nirvana, Rob Kader, estava presente no show. Ele também teria feito um pedido de musica. Desafiando a banda ou simplesmente brincando por saber que eles não a tocariam, Kader pediu por “Big Long Now”. Em outra ocasião, em 10 de Junho de 1989, em Portland, ele pediu essa mesma musica quando a banda o encarregou de escolher o set. Na data Krist respondeu ao pedido com um, “Nós não tocamos essa. Não mais”. De fato, o Nirvana nunca tocou “Big Long Now” ao vivo. O ex-baterista, Chad Channing até diz que isso teria acontecido uma unica vez, mas não sabe dizer quando ou onde e não existe nenhum registro conhecido da canção ao vivo.

Outras musicas que foram tocadas seriam na ordem, “Mexican Seafood”, “Beeswax”, “D-7”, “Drain You”, “Talk To Me”, “Curmudgeon”, “Lounge Act”, “Pennyroyal Tea” e “School”. Ainda assim, mais musicas podem ter sido tocadas. Apenas “Talk to me”, “Curmudgeon”, “Lounge Act”, “Pennyroyal Tea” e “School” tem algum registro conhecido (nem todas completas). Esses registros em vídeo são provavelmente os confiscados pelo road manager do Nirvana na platéia. Três ou quatro fitas de vídeo teriam sido confiscadas durante o show, de acordo com Krist Novoselic. É de se supor que essas fitas estejam incompletas, já que quem filmava foi proibido de continuar.

Vídeos – Nirvana no The Crocodile Cafe

Fotos – Nirvana no The Crocodile Cafe

Curiosidade

Mais tarde naquela noite, durante o show do Mudhoney, Kurt Cobain se juntou a banda para tocar duas musicas. Ele já havia participado de outro show da banda no dia 26 de setembro do mesmo ano. Foi durante o show do Mudhoney no Castaic Lake Amphitheatre, em Castaic, California. Leia mais sobre a participação de Kurt no show do dia 04 de outubro em: Kurt Cobain no Mudhoney – Parte II

"Boddah"

Fã de Nirvana desde a primeira vez que o peso de "Bleach" entrou por meus ouvidos. Antes de tudo, um curioso insaciável. Pesquiso para aprender, escrevo para compartilhar o que aprendi."A curiosidade matou o gato, mas a satisfação o trouxe de volta!"
Fechar Menu